Cinco vezes mais resistente a choques térmicos do que um vidro comum com espessuras semelhantes, o vidro temperado é considerado um vidro de segurança. Em caso de quebra, fragmenta-se em pedaços pequenos, pouco cortantes, podendo ser removidos com maior facilidade e segurança. Por ser mais resistente, pode ser utilizado em aplicações estruturais autoportantes sem a necessidade de caixilhos.

O tratamento térmico de têmpera consiste no aquecimento gradativo do vidro até atingir a temperatura de 700ºC (estado plástico) para ser resfriado bruscamente. Com esse tratamento, o vidro temperado passa a ser mais resistente à flexão e passa a suportar diferenças de temperaturas de até 200ºC.
Possibilidades de aplicações:
• Box;
• Portas;
• Janelas;
• Vitrines e Tampos.